25 de março de 2014

Resenha: Ratos

  19 Comentários    
Categoria: 
Ratos do autor Gordon Reece, foi publicado no Brasil pela Editora Intrínseca. O livro conta a história de Shelley e sua mãe, Elizabeth. Ambas tem a personalidade fraca, passiva, são como ratos, e por isso sempre foram alvos de humilhações. 

A história é narrada em primeira pessoa, por Shelley, uma adolescente de 15 anos, que foi vítima de bullying na escola. Tal fato trouxe sérias consequências na vida dela, como abandonar a escola, perder o convívio social e mudar-se para o chalé Madressilva, um local isolado da cidade, na certeza de que estaria protegida de qualquer perigo. Elizabeth também tem uma vida complicada, abandonada pelo marido e tendo que sustentar a família, é obrigada a lidar com o assédio do chefe, para ganhar um salário que não é compatível com as tarefas que executa.

No aniversário de Shelley de 16 anos, um dia cheio de planos e expectativas, acaba culminando em momentos de tensão e desespero, quando um estranho invade o local onde moram. A partir desse momento a vida de Shelley e de Elizabeth mudam drasticamente e elas descobrem que até mesmo os ratos tem um limite.

Comecei a leitura de Ratos, sem saber o que esperar do livro e talvez tenha sido, justamente, isso que me fez achar a história simplesmente incrível. Ratos surpreendeu-me de forma super positiva, não imaginava pela sinopse, presente na contra capa, o rumo que a história iria tomar e admito que gostei e me surpreendi com as escolha feitas pelo autor.

Os capítulos são curtos, o que dá mais agilidade a história. A narrativa de Gordon Reece é envolvente, intensa, ele explora o lado psicológico dos personagens de forma real e tocante. A escrita do autor é ágil, espontânea e até mesmo poética em alguns momentos. Reece descreve os fatos detalhadamente, de forma dinâmica e nem um pouco cansativa, a história é tensa e bem desenvolvida.

Outro ponto que merece destaque na obra é a evolução da personalidade das personagens. Tanto Shelley quanto Elizabeth são aparentemente frágeis, com um passado sofrido e cheio de traumas. A fragilidade e passividade delas pode inquietar o leitor, mas ao mesmo tempo faz com que sintamos compaixão e empatia. No entanto é notável o quanto elas crescem no decorrer da trama e não se trata de um amadurecimento brusco e forçado, mas as situações que elas são obrigadas a enfrentar, ainda que em um período curto de tempo, contribui para essas mudanças. Até mesmo o relacionamento entre mãe e filha torna-se mais forte, é possível perceber o companheirismo e amizade entre elas. 

Ratos é um thriller psicológico impactante e intenso, que consegue mexer com nossas emoções mais profundas. A leitura leva-nos a reflexão do que o ser humano é capaz de fazer e também nos faz questionar como agiríamos diante de determinadas situações: qual o limite entre o certo e o errado? é possível seguir adiante quando passamos por situações que podem nos marcar para sempre?

5/5 

19 comentários:

  1. Oiee ;)
    Vendo tua resenha e nota estou arrependida de não ter comprado na promoção...
    Não sabia que o livro abordava assunto forte e real no cotidiano, além de ser intenso.
    Quero ler
    Beliscões da Máh♥
    Blog | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria.
      Ainda dá tempo de comprar, pois está em promoção no submarino :)

      Excluir
  2. Gostei da resenha Natália. Não conhecia o livro, mas me pareceu ser uma leitura bem tensa e emocionante. O título é bem sugestivo e dependendo do grau de de gravidade da situação, até mesmo um rato mostra as suas garras e luta pela sua existência. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Nessa. O título do livro é bem sugestivo e tem tudo a ver com a história. Vale a pena a leitura.

      Excluir
  3. Ainda não li o livro, mas a sinopse dele sempre me deixa curiosa e volta e meio vejo o livro na promoção.
    Você elogiou tanto o livro que fiquei verdadeiramente curiosa.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é muito bom Inês. Aproveite a promoção!

      Excluir
  4. Nossaaa! Não conhecia esse livro, ótima resenha!!!
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi querida, amei a resenha. Comprei esse livro recentemente e fiquei bem curiosa a reespeito da leitura *-* me deixaste curiosa.

    Beijocas,
    paixaoliteraria.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kéziah. Que bom que gostou da resenha. Leia, é muito bom, espero que goste tanto quanto eu.

      Excluir
  6. Oi Natália, ainda não conhecia esse livro mas apesar de thriller não ser um dos meus gêneros preferidos, acredito que irei gostar muito dessa leitura. Já vou colocar na minha lista de próximas aquisições.

    Beijos
    www.booksandmovies.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jessica. Pode ler, porque o livro não é somente um suspense, mas também há drama e situações reais. Super recomendo!

      Excluir
  7. Oi Natália nunca me interessei por esse livro, nunca havia parado nem pra ler a sinopse, a capa e o título me afugentavam. Lendo sua resenha fiquei bem curiosa com relação a ele. Parece ser uma história bem interessante.
    Gosto de capítulos curtos, eles deixam a história mais interessante.
    Não sei se leria, mas depois de ver sua resenha pensaria duas vezes antes de dizer não.

    beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma história bem interessante Caline. Também gosto de capítulos curtos. Espero que um dia tenha curiosidade em ler o livro, porque é muito bom.

      Excluir
  8. Oiie!
    Você não é a primeira que apresenta uma resenha positiva do livro.
    Ele tem um preço tão bom nos sites que ainda não sei por que não comprei!
    Sua resenha só me fez querer lê-lo mais ainda!

    Beijos,
    Marcela.
    ocantinholiterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcela. Realmente, o preço do livros nos sites é super baratinho. Que bom saber que minha resenha te deixou com vontade de ler o livro.
      Beijos

      Excluir
  9. Oi, Natália! Tudo bem? Desde quando a editora Intrínseca lançou esse livro, eu fiquei bastante curiosa para conferi-lo! Gosto muito de thrillers psicológicos, principalmente quando eles tem evolução dos personagens e quando a trama é intensa! É sempre bom ler um livro eletrizante né? Adorei a sinopse e agora o livro entrou de vez na minha lista de desejados! Bjs
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jéssica. Também gosto muito de thrillers psicológicos.
      Leia e depois quero ver a resenha dele no blog. Espero que goste bastante da leitura :)

      Excluir
  10. Sabia que esse livro não iria ser uma decepção e vc acabou de provar isto com sua resenha. Ele tá aqui na fila para ser lido.

    Beijos, http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir